Abraço

Durante o isolamento social pensei em desenho, e na maneira como esta prática não encontrava lugar em meu cotidiano. Encontrei alguns vidros de nanquim jogados na calçada, e com ele me pus a praticar com pequenos vetores, símbolos de objetos e rituais cotidianos, agora alterados pela imposição de novos modelos de convivialidades. O vírus, os projetos, os encontros, tudo em suspenso. Assim realizei os trinta desenhos que compõe a série PictoCov, sobrepondo breves formas com possíveis representações daquilo que não vemos a olho nú. Parte desta série integra o segundo volume da revista PANDEMÔNIO.

Celular
Pandemonio

PICTOCOV

Nanquim sobre papel
2020
22,9 x 30,5 cm

A série PictoCoV é composta por 30 desenhos em nanquim, realizados em março de 2020. Pictogramas desenvolvidos a partir de elementos visuais que aludem a deslocamento, ritos sociais e elementos associados às mudanças ocasionadas pela pandemia de Covid 19.

Máscara.JPG